A cidade de Jacobina perdeu na tarde desta segunda-feira (08.01) um dos seus grandes homens. Morreu aos 84 anos Francisco Furtado dos Santos,  ex-comandante do Tiro de Guerra 06-008 durante 24 anos. Capitão Furtado, como era mais conhecido, estava convalescente na Capital do Estado, onde veio óbito na tarde de hoje.

Nascido na cidade de  Salvador,  em 17 de dezembro de 1934, Francisco Furtado era pai de quatro filhos, tendo dedicado grande parte de sua vida a servir ao Exército Brasileiro.

Amante da cultura popular, Furtado foi um dos fundados 'Bloco do Brás', que fez história nos tempos áureos das micaretas em Jacobina.

Furtado também teve passagem importante na comunicação jacobinense como cronista esportiva ao lado de Genildo Lawinsky, Nel Lages, João Araújo, Hamilton Vasconcelos, Mauricio Dias e tantos outros brilhantes profissionais da radiodifusão local.

Também era membro da Loja Maçônica Fraternidade Jacobinense, e um dos sócios-fundadores do Rotary Clube de Jacobina.

O corpo de Francisco Furtado será cremado no Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador, nesta terça-feira, 09, às 11h.

O prefeito de Jacobina, Luciano Pinheiro, divulgou nota de pesar, lamentando a morte desse grande cidadão que tantos serviços prestou a região.

Veja a íntegra da nota:

Nota de Pesar

O Prefeito de Jacobina vem por meio desta, manifestar seus sinceros protestos de condolências ao familiares do Ilustríssimo Major Francisco Furtado, falecido na tarde desta segunda-feira,08), na cidade do Salvador, Capital do Estado.

O Major Furtado comandou o Tiro de Guerra 06-008 ao longo de 24 anos, durante décadas exerceu também a função de Professor de Matemática no Centro Educacional Deocleciano Barbosa de Castro.

Nascido em Salvador em 17 de dezembro de 1934, e teve quatro filhos do seu primeiro casamento: Norma Sueli, Alana, Inanci e Celino.

Atualmente era casado com Valdenice Santos Reis Furtado. Além do amor pelo Exército Brasileiro, Furtado tinha na música uma de suas outras paixões. Fundador do 'Bloco do Brás', carta marcada nas antigas micaretas de Jacobina, levava alegria a todos os foliões da folia momesca. Foi ainda radialista e narrador de futebol e um dos sócios-fundadores do Rotary Clube de Jacobina.

O seu corpo será cremado no Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador, nesta terça-feira, 09, às 11h.

Mais uma vez, reiteramos nosso sentimento de pesar à família enlutada.

Luciano Antonio Pinheiro

Prefeito

Jacobina, 08 de Janeiro de 2018